Dicas Valiosas Para Melhorar a Iluminação da Sua Casa


A iluminação é um aspecto de extrema importância para qualquer casa. Afinal, nós precisamos dela para fazer diversas tarefas do dia a dia, como cozinhar, estudar, ler, etc.

Além disso, junto com a decoração, ela dá um outro visual para os cômodos de uma residência.

É claro que cada um tem seu gosto e por isso, o que pode ser bonito para você, pode não ser para outra pessoa.

Entretanto, existem algumas dicas que são realmente úteis em relação a iluminação e que podem ajudar você a melhorar o aproveitamento das luzes em sua casa e até mesmo economizar uma boa quantia na conta de luz.

Quer saber mais? Continue acompanhando a leitura.


Projeto luminotécnico

Você já ouviu falar em projeto luminotécnico ou projeto de iluminação? Basicamente, este projeto tem como objetivo analisar e avaliar as melhores condições para fazer uma iluminação bonita e funcional para qualquer ambiente.

Portanto, se você está pensando em melhorar a iluminação da sua casa, tanto em relação a parte estética, quanto à funcionalidade, elaborar um projeto deste tipo é fundamental.

Balanço da iluminação

Um outro fator importante quando se fala em iluminação residencial é o balanço. Ou seja, é necessário avaliar adequadamente qual será a quantidade de luz necessária para cada espaço da casa.

Não é difícil encontrar cômodos que possuem muitas luzes (sendo que não precisam) e também cômodos escuros que necessitam de mais iluminação.

Muitos proprietários acabam deixando de lado essa avaliação e, como consequência, erram.

Por exemplo, diversas pessoas usam lâmpadas de 300 Watts espalhadas pelo jardim, sendo que ao utilizar lâmpadas com uma capacidade menor, como de 70 Watts, o efeito é bastante semelhante.

Por isso que fazer essa avaliação com cuidado é importante, pois além do aspecto visual ficar melhor, mais equilibrado e harmônico, ajuda a economizar dinheiro na conta do final do mês.

Automação 

Com o avanço constante das tecnologias, hoje, muitas pessoas investem em automação residencial que, basicamente, consiste no uso de diferentes tecnologias para facilitar tarefas do dia a dia em casa.

E para iluminação não é diferente. Já pensou em controlar a intensidade da luz, bem como acendê-la e apagá-la por meio do celular? Saiba que isso é possível com um sistema de iluminação inteligente. Muito mais prático e fácil, não é?

Além do mais, este tipo de iluminação pode identificar quando você entra ou sai de um cômodo, assim, a luz acende ou apaga, o que também te ajuda a economizar, já que não terá mais aquela história de “esquecer a luz acesa”.

Iluminação para a sala de estar

A sala de estar, para muitos proprietários, é o principal cômodo da casa. Afinal, é onde a família se reúne para assistir TV, onde os moradores conversam e descansam no sofá, onde usam o computador e também onde costumam receber as visitas.

Por isso, este cômodo precisa ter duas características principais: ser agradável e ser aconchegante.

Nesse sentido, recomenda-se para o ambiente a utilização de lâmpadas de cores quentes (aquelas de cores mais amareladas), pois ajudam a criar esses aspectos.

Iluminação para a cozinha

Para a cozinha, a iluminação mais indicada é a base de lâmpadas frias (ou brancas), pois precisamos de uma boa intensidade de luz para prepararmos os alimentos, lavarmos a louça e realizarmos toda a higiene que este ambiente precisa.

Lâmpadas que possuem grande IRC - Índice de Reprodução da Cor são as mais recomendadas.

Além disso, o uso de fitas de LED ou spots também é bastante indicado para este ambiente, principalmente em lugares como armários e pia.

Iluminação para o quarto

Assim como a sala de estar, o quarto também deve ter lâmpadas amareladas, pois geram a sensação de aconchego e acolhimento, ou seja, algo mais íntimo.

As luzes frias (também conhecidas como brancas) costumam iluminar mais e por isso não contribuem tanto para o descanso e o relaxamento.

E como sabemos, o quarto é um local onde dormimos e descansamos depois de um longo dia, onde lemos livros, estudamos e trabalhamos… por isso, deve ser um ambiente propício para esses afazeres.

Outra dica ainda para este cômodo é investir em dimmers, que são dispositivos utilizados para controlar a luminosidade - mais intensa ou menos intensa.

Iluminação para o banheiro

Lâmpadas difusoras (como a fluorescente), arandelas e luminárias de vidro/acrílico leitoso são as mais indicadas para este cômodo da casa, pois é nele que realizamos a nossa higiene diária (tomar banho, lavar o rosto, escovar os dentes…).

E atenção, as luzes de camarim e as lâmpadas refletoras são tipos que não devem ser instaladas neste ambiente, pois geram sombras. Consequentemente, prejudicam/atrapalham homens quando fazem a barba e as mulheres quando se maquiam.

E então, o que achou das nossas dicas? Deixe um comentário abaixo para sabermos! E não esqueça de compartilhar este artigo para ajudar mais pessoas!


Tire suas dúvidas